Panorama Econômico — 23/05/22


Felipe Moura, CGA, analista de investimentos da Finacap, comenta sobre:


- Ibovespa: fechou na estabilidade próximo aos 107 mil pontos numa semana de grande volatilidade.


- Banco Central (BC) divulgou que a dívida pública retomou o patamar de abril de 2020 e atingiu 78,5% do PIB em março, completando cinco meses em queda.


- Índice geral de preços, calculado pela Fundação Getúlio Vargas, registrou alta de 0,10% em maio, abaixo do consenso de 0,33% e bem menor do que os 2,48% anotados em abril.


- A melhor leitura de dados macroeconômicos favoreceu a bolsa brasileira na semana e fez com que instituições revisassem para cima as projeções de crescimento da economia brasileira, como o Goldman Sachs, que revisou a projeção para o crescimento do PIB no Brasil em 2022 de 0,60% para 1,25%.


- O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou ontem o processo de privatização da Eletrobras, por 7 votos a 1. Em nota, o Ministério de Minas e Energia afirmou tratar-se de “um dia histórico para o Brasil”. Após a operação, a participação da

União no capital votante da Eletrobras será reduzida dos atuais 72% para 45%.


- No cenário internacional, o governo chinês anunciou que Xangai deve começar a levantar gradualmente o lockdown para conter a covid-19, mas apenas a partir de 1º de junho.


- Ainda traz os destaques de algumas empresas: Vale e Saudi Aramco.


Confira!



Clique na imagem para ouvir no Spotify.