Panorama Econômico — 20/06/22


Felipe Moura, CGA e analista de investimentos da Finacap, comenta sobre:


- Ibovespa: registrou mais uma semana de forte queda e volta a negociar no

patamar próximo aos 100 mil pontos.


- Os riscos de recessão voltaram a assombrar os mercados financeiros

globais. o otimismo nos ativos de risco de quarta-feira, após a decisão do Federal Reserve (Fed) em elevar os juros em 75 pontos base, se desfez e deu lugar a um aperto mais intenso das condições financeiras.


- As taxas de financiamento imobiliário nos Estados Unidos atingiram seu maior patamar em mais de 13 anos. A taxa hipotecária fixa média de 30 anos subiu para 5,78%. É a maior taxa desde novembro de 2008 e está bem acima dos 3,11% observados no fim de 2021.


- Na quinta passada quem surpreendeu foi o Banco Nacional da Suíça, que elevou sua taxa de juros de referência em 0,5 ponto percentual, de -0,75% para -0,25%.

O Banco da Inglaterra (BoE), por sua vez, elevou a sua taxa de juros de referência em apenas 0,25 ponto, para 1,25%.


- No Brasil, o Banco Central elevo u a Selic de 12,75% para 13,25%, indicam que o colegiado deve tolerar uma inflação acima do centro da meta no próximo ano. O aumento das incertezas domésticas e externas fez o mercado migrar de vez para um cenário de nova elevação no juro em agosto.


- Ainda traz os destaques de algumas empresas: Braskem e Petrobras.


Confira!



Clique na imagem para ouvir no Spotify.