Panorama Econômico — 18/04/22


Felipe Moura, analista de investimentos da Finacap, comenta sobre:


- Ibovespa: registrou mais uma semana de correção, voltando ao patamar

dos 117 mil pontos.


- O fluxo de recursos estrangeiros para a bolsa brasileira inverteu o sinal.

Depois de o investidor externo ter alimentado a valorização das ações no 1º

trimestre, o saldo líquido em abril, até o dia 11, foi negativo em R$ 904

milhões - nos últimos três pregões, a saída somou R$ 1,6 bilhão.


- Inflação: O elevado nível de desconforto dos investidores globais com a alta da

inflação ao redor do mundo voltou a reduzir a demanda por ativos de risco.


- Nos mercados internacionais:


Nos EUA, o CPI do mês de março avançou 1,2% em relação ao mês anterior, atingindo a marca de 8,5% no acumulado anual. O nível é o maior desde dezembro de 1981, informou o Departamento do Trabalho americano.


Na Alemanha, quarta maior economia do planeta e locomotiva da União Europeia, a inflação também acelerou, para 7,3% em um ano.


Na China, as importações no país tiveram uma queda inesperada em março, enquanto o crescimento das exportações desacelerou, com os “lockdowns” contra a covid-19 interrompendo as operações dos portos e restringindo a atividade comercial e os gastos.


- Ainda traz os destaques de algumas empresas brasileiras, como Petrobras e Telefônica.


Confira!



Clique na imagem para ouvir no Spotify.