Bolsa fecha em alta, na máxima do dia, com alívio no leste europeu e fluxo estrangeiro.

Confira a participação de Alexandre Brito, sócio e responsável pela área de Gestão de Patrimônio da Finacap, para a Agência CMA.


“Nos últimos dez anos, os mercados emergentes ficaram à mingua enquanto os mais desenvolvidos, como os Estados Unidos, performaram super bem. O que chama a atenção dos estrangeiros é o mercado forte em commodities como o nosso”. - Alexandre Brito.


Ele também comentou que o abrandamento da tensão entre Rússia e Ucrânia, otimismo global e a alta do índice financeiro, imobiliário e varejistas favorecem o índice. “Com a queda nos vértices dos juros de médio prazo abre espaço para o setor imobiliário e varejista”.



Confira a matéria na íntegra clicando aqui.